4 sugestões para lidar com tanto chocolate!

choco_logo

4 sugestões para lidar com tanto chocolate!

Ou é Natal, ou é Páscoa, ou é Dia das Crianças, aniversário… não faltam motivos e datas cheias deles. As datas chegam e a gente sabe que vai ter chocolate por todo lado. E a criançada adora! (A gente também, vai!)

Vamos por partes:

1. Proibir não é a solução
Mesmo que você tente evitar, eles vão comer, seja na escola, nos amiguinhos ou na casa dos avós. Então, não adianta estressar, tente seguir os próximos passos.

2. Moderação é a chave
Em vez de proibir, tente limitar. Encontre uma quantidade que seja razoável e que você consiga manter, sem abrir (muitas) exceções. Pode ser um por dia, ou um de cada vez, ou um de manhã e um depois do almoço (se for pequenininho), você decide. Mas é melhor evitar chocolate e doces em geral à noite, próximo à hora de dormir. O açúcar com certeza vai mantê-los acordados por mais tempo e sua rotina e o descanso que eles (e você!) precisam vai por água abaixo.

3. Siga com seus hábitos saudáveis
Não vai deixar a coisa descambar e esquecer dos legumes, verduras, frutas… Nesse momento é ainda mais importante manter uma dieta equilibrada e continuar trabalhando para estabelecer hábitos saudáveis.
Você pode sugerir uma fruta pra acompanhar o chocolate, pode ser que fique até mais interessante!

E O MAIS IMPORTANTE!!

4. Não use o chocolate como recompensa
Essa é, com certeza, a mensagem errada que você quer que seus  filhos aprendam com relação à comida. Oferecer um chocolate ou doce como recompensa pela criança ter ‘limpado o prato’ vai fazer com que estabeleçam desde cedo uma relação emocional com a comida que vai perdurar e levar à problemas futuros  como comer demais, comer quando está triste ou comer para compensar problemas. Sem falar que a comida saudável que está no prato vai ser vista como um obstáculo para se atingir o que se quer. Definitivamente, não!

No mais, aproveite! Essas datas são ótimas pra criar tradições de família com os pequenos e a cozinha é um ótimo lugar pra começar.

 

No Comments

Post A Comment